Histórias e costumes milenares do Lago Titicaca

Localizado há cerca de 3.800 metros do nível do mar, o Lago Titicaca é uma extensa área aquífera que rende boas navegações desde a época dos Incas. Como um dos principais pontos turísticos da cidade de Puno, no sudeste peruano, essa imensidão de águas tem muitas histórias a contar.

Ele faz fronteira com a Bolívia, e é o mais alto lago navegável do mundo, em uma região com fantásticas paisagens e muitos outros atrativos. É realmente um lugar único onde você terá o prazer de ver belezas naturais encantadoras, conhecer os costumes e as histórias da região.

Lago Titicaca

Passeios de barco pelo Titicaca

Para realmente sentir a energia deste lugar, inclua em seu roteiro passeios de barco para conhecer as diversas ilhas que ele guarda. O contato com os habitantes e com a natureza de lá, trarão histórias remotas que os livros não contam.

É nele que estão as famosas ilhas flutuantes, ilhas que foram construídas com totora ou junco, uma espécie de palha que cresce à beira do lago. Essas construções impressionam por imaginar que tal matéria-prima resista por tantos anos.

No passeio, você aproveitará da paisagem ao longo do trajeto e se surpreenderá com a boa receptividade do povo, que acaba por depender do turismo para sua sobrevivência.

Ilha de Uros

Os Uros

Os Uros foi uma nação que existia muito antes do Incas, e que vivia nessas ilhas flutuantes. Descendentes da era pré-colombiana, construíram, inteligentemente, essas ilhas artificiais para terem um local seguro para viver, já que a Tribo dos Collas e os Incas lhes faziam muitas ameaças.

Há no lago, mais de 40 ilhas desse tipo, postas sobre torrões de raízes. Seus moradores vivem da pesca e da venda de artesanatos para os turistas que vão conhecer as ilhas. O estilo de vida dos Uros ainda é muito rústica, pois que eles mantém a tradição e os costumes herdados dos seus antepassados.

Tudo nesse lugar é feito de totora, a ilha, as casas, os barcos. E, quando o viajante chega, é muito bem recepcionado, podendo experimentar a culinária tradicional e conhecer um pouco da sua história.

o Peru é um pais com muita tradição veja aqui algumas festividades do Peru.

Lago Titicaca

Outras ilhas do Titicaca

Além das Ilhas Uros, o Lago Titicaca tem outras ilhas que são naturais e podem ser desbravadas. Das mais importantes, você pode explorar a Ilha de Taquile, que abriga cerca de 350 famílias que também seguem costumes do passado.

Na Taquile pode-se ter contato com o povoado, conhecendo suas tradições milenares e fazer boas caminhadas para conhecer o lugar. Para chegar à parte principal da ilha, o centro, é necessário subir morros e escadarias que valerão a pena, pois que, lá de cima, a paisagem é deslumbrante, avistando muitos outros lindos lugares desse mítico lago.

Tem ainda a Ilha Amantani, onde estão os famosos templos Pachamama e Pachatata, que são dedicados à fertilidade da terra. Templos da época em que os Incas viviam na região.

É uma ilha onde se faz um turismo vivencial, pernoitando nela para conhecer a fundo as tradições e os costumes dessa população. Não há hotéis, e os turistas têm a oportunidade de conhecer e se abrigar nas casas das famílias que lá vivem e, os recepcionam logo no porto de entrada.

As casas são simples mas a hospitalidade é generosa. Eles disponibilizam quartos confortáveis e servem comidas típicas como sopas de quinoa, pratos com batatas e outros legumes produzidos por eles mesmos, além de arroz, macarronadas e saladas. Sempre ao final das refeições, servem o famoso mate de coca.

Pode-se fazer longas caminhadas pela ilha, chegando a picos mais altos para conhecer os templos, os sítios sagrados e contemplar um belíssimo pôr-do-sol.

Mas, o ponto mais esperado dessa vivência é a festa típica que acontece à noite. Os moradores emprestam roupas típicas para os turistas vestirem e participarem da festa com muita música e dança.

Todos participam alegremente, as pessoas são simpáticas, os turistas ficam felizes e a maior diversão da noite é aprender a bailar suas danças. Depois, a volta para a casa da família para o descanso, e pela manhã é a despedida.

as pessoas normalmente se perguntam qual é a melhor época para viajar a Machu Picchu?

Deixe uma resposta