Diferenças entre Huayna Picchu e Machu Picchu

Diferenças entre Huayna Picchu e Machu Picchu

Já imaginou a incrível jornada que você terá ao chegar à cidadela antiga de Machu Picchu? E o visual maravilhoso visto do alto das montanhas mais famosas do mundo, que é uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, hoje?

Esta sensacional noção e emoção só será sentida quando você chegar lá, concretizando um dos seus sonhos ao presenciar tamanha energia e beleza natural; certeza de um momento único na vida!

Conhecido por ser um lugar místico, Machu Picchu tem uma vista contemplativa que inspira a meditação e o autoconhecimento, algo que transforma a experiência de visitar este destino, em algo além da aventura de conquistar uma montanha.

Só o fato de chegar à cidadela, você já ganha uma vasta bagagem de conhecimento, porém, poder desbravar as montanhas, será o rococó da história da arte, ou seja, a cereja do bolo. A Viagens Machu Picchu lembra que é possível trilhar por cada uma dessas duas montanha – Huayna Picchu e Machu Picchu -, mas então prepare seu pacote incluindo mais dias no roteiro.

Reserva antecipada

Diferenças entre Huayna Picchu e Machu Picchu

Com isso, e antes de qualquer outra informações, avisamos que é extremamente necessário realizar a reserva e a compra dos ingressos para ambas as montanhas, caso você, com tempo, suba nas duas, com bastante antecedência, pelo menos 2 a 5 meses antes da sua viagem.

Esta precaução é necessária devido ao número limitado de visitantes por dia, tanto na cidadela, sendo 2.500 turistas; como em cada monte: Huayna Picchu, 400 visitantes, divididos em dois grupos de 200 pessoas cada; Machu Picchu, 800 visitantes, divididos em dois grupos de 400 pessoas cada.

 

 

Diferenças entre as duas montanhas

Vamos às principais diferenças entre Huayna Picchu e Machu Picchu:

Huayna Picchu Este é o monte menor, que fica à esquerda, erguendo-se a cerca de 300 metros em relação ao nível das ruínas. Da língua quéchua, significa montanha jovem, e seu topo fica a exatos 2.693 metros do nível do mar, sendo possível chegar nele por caminhos estreitos em uma trilha de cerca de 2 quilômetros. Apesar da pouca quilometragem, a dificuldade vai de moderada à alta, levando cerca de 2 horas e 30 minutos entre subida e descida da montanha, isso sem considerar o tempo que você fica no pico, apreciando a paisagem exuberante.

Diferenças entre Huayna Picchu e Machu Picchu

Para chegar ao cume, a trilha é íngreme e estreita, com escadas feitas em pedras e madeira, sendo necessário a utilização de cordas, já postas no caminho, para a segurança dos turistas. Por isso a necessidade de limitar a visitação, ainda dividindo as turmas pelos horários a seguir:

  • Primeiro grupo: subidas entre 7 hora e 9 hora da manhã;
  • Segundo grupo: subidas entre 10 horas e 12 horas.

No caminho será possível avistar, além da maravilhosa paisagem montanhosa, observar a selva exuberante, junto de uma rica fauna de borboletas, aves e outros animais típicos da região. De lá de cima é possível ver a antiga cidade Inca e a incrível vista para a montanha maior, Machu Picchu.

Também será surpreendente visitar ao longo do caminho, o Templo da Lua, lugar considerado sagrado pelo Incas, construído em pedras, pela talentosa engenharia e arquitetura incaica, porém dentro de uma grande caverna natural.

Machu Picchu Da língua quéchua, o significado é velha montanha, e fica à direita da entrada da cidadela. Este é o monte maior, a qual seu pico fica a cerca de 800 metros do nível das ruínas, e a 3.082 metros de altitude do mar.

Tem por volta de três quilômetros de trilha, uma caminhada que leva-se cerca de 3 horas e meia, entre subida e descida, para realizar. Apesar do caminho ser mais extenso, é mais fácil por conter pouca elevação.

Diferenças entre Huayna Picchu e Machu Picchu

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também tem limitação de visitação, sendo 800 pessoas por dia, divididas em dois grupos como a seguir:

  • Primeiro grupo: 400 pessoas subindo entre 7 hora e 8 horas da manhã.
  • Segundo grupo: 400 pessoas subindo entre 9 horas e 10 horas da manhã.

Dessa montanha é possível ter a clássica vista de Machu Picchu, na qual a monta Huayna Picchu fica ao fundo das ruínas da cidadela antiga, proporcionando o esplendoroso visual também para os Andes Peruanos.

No caminho da trilha há vegetação rica em orquídeas, borboletas e pássaros típicos, ornando com a abundante selva que rodeia toda a montanha. Estar em seu topo é um momento de gratidão e contemplação interna e externa por tamanha beleza e energia positiva.

veja aqui as trilhas para Machu Picchu.

O que levar para estas trilhas?

Ambas as trilhas exigem certo esforço físico do turista, por isso, esteja preparado com uma pequena mochila na qual deve levar:

  • Água;
  • Pequeno lanche (fruta, barrinha de cereal, sanduíche);
  • Protetor Solar;
  • Agasalho;
  • Use roupa confortável e tênis próprio para trilhas.

Com a Viagens Machu Picchu

Diferenças entre Huayna Picchu e Machu Picchu

Conhecer as fantásticas montanhas da cidadela perdida dos Incas, é uma experiência inesquecível, e a Viagens Machu Picchu pode ajudar você a concretizar este sonho, organizando tudo que uma operadora de viagens oferece e muito mais.

O plus da Viagens Machu Picchu está, entre outros serviços, em oferecer guias que falam o idioma português, traslados privativos e assistência 24 horas. Nossos pacotes já incluem o ingresso às ruínas, mas há a possibilidade de acrescentar no roteiro, o ingresso para realizar a trilha para a montanha Huayna Picchu, sendo necessário, como já dissemos, a reserva antecipada.

Por isso, não existe em planejar e organizar sua viagem ao Peru com a Viagens Machu Picchu, operadora de turismo especializada em levar brasileiros que queiram conhecer não apenas Machu Picchu, mas muitos outros destinos surpreendentes do Peru.

confira nossos pacotes em promoção.

Deixe uma resposta