3 Formas Diferentes de Chegar em Machu Picchu!

Se você está programando a sua viagem de férias para Peru, precisa se fazer esta pergunta: qual o melhor jeito de chegar em Machu Picchu? Bom, a resposta varia de acordo com o perfil de cada pessoa. Se você gosta de aventuras e de contato com a natureza, se prefere conforto e tranquilidade ou ainda, se está buscando uma experiência luxuosa no país milenar dos Incas. Para te ajudarmos nessa decisão, criamos este post. Aqui você vai saber tudo sobre as 3 formas mais tradicionais de chegar em Machu Picchu, com dicas e informações úteis sobre este passeio que, com certeza, será um dos mais incríveis da sua vida.

Mas afinal, quais as formas de chegar em Machu Picchu?

De forma breve e simples, você conseguirá chegar na cidadela de duas maneiras: de trem ou pé, através de trilhas.De forma breve e simples, você conseguirá chegar na cidadela de duas maneiras: de trem ou pé, através de trilhas.Por isso hoje vamos te mostrar as duas principais trilhas que levam para Machu Picchu, a famosa Trilha Inca e também a Trilha Salkaltay, ambas consideradas uma das mais lindas da América do Sul, para uma experiência intensa e desafiadora nos andes peruanos.Já se você prefere o passeio de trem, não se preocupe, vamos te explicar tudo sobre este trajeto inesquecível, que te levará até o povoado de Aguas Calientes em uma viagem tranquila e confortável e, dependendo da categoria do vagão escolhido, com atrações, culinária típica e muito luxo. Então, vamos as dicas?

1. Trilha Inca: caminho sagrado que leva a Machu Picchu

O caminho Inca ou trilha Inca é percurso original que essa civilização fazia para chegar até a cidadela de Machu Picchu, e por este motivo é a trilha mais famosa e concorrida do Peru. O que você precisa saber sobre ela é que é necessária uma programação especial para realiza-la, tendo em conta que as vagas diárias são limitadas e que não é possível fazer o trajeto sozinho, sem o acompanhamento de um guia especializado. Ou seja, programe-se para conseguir reserva-la com bastante antecedência e garantir seu lugar. O ideal é comprar o ingresso pelo menos 6 meses antes. Ao todo são 4 dias de caminhada, percorrendo 40 km, com 3 noites em acampamentos com pouco estrutura. O trekking passa por paisagens surreais, com montanhas nevadas, vales, sítios arqueológicos, rios e ainda oferece a possibilidade de ver animais silvestres em habitat natural. A entrada de Machu Picchu se dá através da “Porta do Sol”, de onde se tem uma das vistas mais incríveis da cidade perdida dos Incas. A volta para Cusco acontece de trem e o embarque é feito no povoado de Aguas Calientes, que está logo abaixo do santuário. Resumindo, esta é a opção ideal para quem gosta de aventura e contato com a cultura e história local. Essa será uma das experiências mais fascinantes que você viverá em terras peruanas. Para saber mais sobre, acesse o nosso site e veja as perguntas frequentes sobre a Trilha Inca.
Veja também o roteiro completo e como funciona o dia-a-dia durante o trajeto da Trilha Inca no Peru.

2, Trilha Salkantay: uma aventura incrível para chegar a Machu Picchu

Se você quer chegar em Machu Picchu a pé, esta é uma rota alternativa e igualmente bonita, com a vantagem de ser menos concorrida que a Trilha Inca e sem número limitado de vagas por dia, o que facilita seu planejamento. Se você quer chegar em Machu Picchu a pé, esta é uma rota alternativa e igualmente bonita, com a vantagem de ser menos concorrida que a Trilha Inca e sem número limitado de vagas por dia, o que facilita seu planejamento. A Trilha Salkantay tem duração de 5 dias e 4 noites, percorrendo 55 km. 3 noites são em acampamento e 1 noite em um hotel no povoado de Aguas Calientes, aps pés de Machu Picchu. Este é um trajeto bem desafiador, levando em conta a distância percorrida, com altitudes que chegam a 6 mil metros e temperaturas que vão de -5 a 26 graus.
Por isso recomenda-se um bom preparo físico e pelo menos 2 dias de aclimatação na cidade de Cusco antes de iniciar o trekking. Além disso, o acompanhamento de um guia especializado é sempre de grande importância.
As paisagens percorridas concentram picos nevados de tirar o fôlego, como nevado Salkantay, rios e cachoeiras, lagoas de cores indescritíveis e também tem possibilidade de encontrar animais típicos dos andes pelo caminho.
Para saber mais sobre a trilha, veja nosso roteiro completo incluindo esta grande aventura.

3. Trem para Machu Picchu: tudo que você precisa saber

Esta é a forma mais tradicional para chegar em Machu Picchu, pois é a mais confortável e rápida, ideal para quem não tem muitos dias no país. Quando nós falamos que você irá “chegar em Machu Picchu de trem”, o que quer dizer, na verdade, é que o transporte ferroviário te levará até a estação do povoado de Aguas Calientes, que é a mais próxima da cidadela, e que de lá, você precisará pegar um ônibus que leva 30 minutos até a cidadela ou seguir a pé, em uma caminhada de 1h30 até o santuário.
Existe a possibilidade de embarcar na estação de Cusco ou em Ollantaytambo. A segunda opção é a mais comum, tendo em vista que as agências realizam o passeio pelo Vale Sagrado dos Incas e deixam os turistas em Ollantaytambo, que partem, no final da tarde, para Aguas Calientes, otimizando assim o seu tempo.
O Peru possui duas empresas responsáveis pelo transporte de trem: a Peru Rail e a Inca Rail. Ambas oferecem diferentes horários, preços e categorias de serviços. Existem vagões mais simples, os intermediários e até os de alto padrão de luxo, que é o caso do trem Belmond Hiram Bingham, que oferece serviços exclusivos, atrações durante o trajeto, como apresentação de músicas típicas e dança e culinária peruana requintada.
A maioria dos trens oferecem janelas panorâmicas, umas maiores, outras menores, dependendo da categoria escolhida, para que o passageiro possa apreciar a vista deslumbrante durante o caminho. O trem passa por vales, montanhas, rios e muito mais.
É importante estar atento à política de bagagem das empresas, que só permitem que cada passageiro leve, no máximo, uma mochila de 5 kg. Converse com seu agente de viagem, ele poderá te orientar quanto as opções de trens disponíveis e dar dicas valiosas para a sua viagem para Machu Picchu.
Saiba mais sobre os trens para Machu Picchu, acessando o blog.

E aí, conseguiu decidir qual a opção mais se encaixa ao seu estilo de viagem? Seja como for, nossa equipe está à disposição para tornar a sua experiência no Peru ainda mais especial e inesquecível. Não deixe de conferir todos os pacotes e roteiros de viagem para Machu Picchu no nosso site.

Deixe uma resposta