4 Lagoas na Cordilheira Branca que Você Precisa Conhecer

Antes de mais nada, precisamos te apresentar a Cordilheira Branca. Você já ouviu falar dela? Ela é o destino perfeito para quem gosta de contato com a natureza, paisagens incríveis e de muita aventura. A Cordilheira Branca no Peru é considerada a maior cordilheira tropical do mundo, com aproximadamente 180 km de comprimento, possuindo inúmeras atrações, como montanhas nevadas, lagoas de cores indescritíveis, ruínas pré-históricas, glaciares e muito mais. Ali está localizada a montanha mais alta do Peru, Huascarán, com 6.800 metros de altitude, além de outros picos igualmente altos, sendo que 16 deles estão acima dos 6 mil metros. Por possuir essas características e tamanha beleza, tem gente que chama a região de “Himalaia peruano” ou ainda de “Suíça peruana”. A Cordilheira Branca está localizada no centro-oeste do Peru, a mais ou menos 400 km de Lima, a capital do país. Para visitar esta atração peruana imperdível, a maioria dos turistas ficam hospedados na pequena cidade de Huaraz, no departamento de Ancash. Huaraz possui boa infraestrutura para receber os viajantes, com hotéis, restaurantes, bares, etc. Uma dica importante para quem pretende fazer as trilhas da cordilheira, é aclimatar-se, pois lá quase todas as atrações, incluindo as cidades, estão localizadas a mais de 3 mil metros acima do nível do mar. Outra dica importante é fazer os trekkings sempre acompanhados de um guia especializado, pois as trilhas normalmente têm dificuldade elevada, caminhos íngremes e, como já falamos anteriormente, estão em grandes altitudes, o que pode causar alguns desconfortos. Por isso, entre em contato com agencias locais e confiáveis, como a Viagens Machu Picchu, para fazer seus passeios por Huaraz e região.  Para saber mais sobre as trilhas no Peru, leia também: 7 dicas indispensáveis para realizar trilhas no Peru. Hoje separamos as melhores atrações da Cordilheira Branca que você não pode deixar de visitar quando for ao Peru. São lagoas de cores maravilhosas, cercadas de montanhas nevadas, vales e, claro, muita história. Então, se você é daqueles viajantes aventureiros e está buscando por destinos especiais para realizar trilhas e muito mais, anote os passeios que não podem faltar no seu roteiro de viagem.

Afinal, o que fazer em Huaraz e na Cordilheira Branca?

Os principais tours pela região são de aventura, em caminhadas que te levam a uma vivência de imersão nas montanhas da cordilheira, tendo como destino final as lagoas formadas pelo desgelo, que tem como característica marcante a sua coloração especial, que emocionam os turistas. Está preparado para conhecer as melhores lagoas da Cordilheira Branca?

1. Laguna Parón: Esta lagoa azul turquesa está localizada a quase 5 mil metros acima do nível do mar. É uma das opções mais procuradas, pois a trilha é tranquila, bem demarcada e de nível fácil, sendo quase todo o trajeto plano. Outra importante parte deste cenário, é a montanha que fica logo atrás da lagoa, em formato de pirâmide, chamada “Pirámide de Garcilaso”, com seu pico nevado. A trilha chega em um ponto em que é possível visualizar toda a paisagem de cima, mas também é possível chegar nas margens da lagoa e até alugar canoas para se aventurar nas águas geladas e azuis do lugar e também não deixe de conhecer os pontos turísticos do Peru.

2. Lagunas Llanganuco: A quase 4 mil metros de altitude se encontram estas lagoas, bem aos pés da maior montanha do Peru, a Huascarán, dentro do Parque Nacional de Huascarán. Sim, a paisagem é composta de dois lagos, sendo que o Chinancocha é considerado o mais bonito. Este é um passeio que reserva ao turista muito mais que uma aventura, pois no caminho até o destino é possível vislumbrar o indescritível vale do Callejon de Huaylas e ainda parar para visitar as ruínas de um pequeno vilarejo, chamado Yungay, que foi soterrado em 1970 em uma avalanche. Ou seja, história é o que não falta por aqui. Voltando as lagoas, o visitante se surpreende com tamanha beleza, é um cenário quase mágico em meio aos andes peruanos. Sem dúvidas, vale a pena conhecer as Lagunas Llanganuco.

3. Laguna 69: Também de origem glacial, as águas da montanha chegam até a lagoa e se transformam em um azul profundo inimaginável. Esta trilha exige um pouco mais de preparo para quem decidir fazê-la, tendo nível médio de dificuldade, em um trajeto que leva em torno de 3 horas para ser concluído. Também fica localizada no Parque Nacional Huascarán, e é um dos principais cartões postais do lugar, muito procurada pelos turistas. Este é um destino que precisa estar no seu roteiro de viagem para o Peru, pois sem dúvidas, é uma das paisagens mais incríveis e lindas de todo o país.
Veja aqui um pacote de viagem para Machu Picchu que inclui a Laguna 69.

4. Laguna Llaca: O trekking para este lugar inesquecível dura em torno de 3 horas de caminhada, em um trajeto de nível baixo de dificuldade, entre subidas e descidas. Chegando a lagoa, você estará a mais de 4.400 metros acima do nível do mar, e por isso é importante estar aclimatado. Também cercada por montanhas nevadas que elevam a beleza da paisagem. Quem vai, não se arrepende, pelo contrário, garante que o esforço vale a pena. Vislumbrar esta laguna de cor linda e diferente, é um dos passeios especiais que a região de Huaraz te reserva.

E então, te convencemos de que Huaraz e a toda a Cordilheira Branca merecem um espaço no seu roteiro de viagem ao Peru? Temos certeza que você verá aqui algumas das paisagens mais bonitas do mundo, sem modéstia. Apesar de ser um destino desafiador, também é muito compensador. Venha explorar os andes com a Viagens Machu Picchu. Acesse nosso site e veja todos os pacotes de viagem para Machu Picchu, Cusco, Lima, Huaraz e outras atrações incríveis do país.

Deixe uma resposta