Pachamama: Um Desenho para Aprender Sobre a Cultura Andina Peruana!

Nós já escrevemos aqui sobre alguns documentários, filmes e séries para quem deseja aprender sobre a cultura peruana e história inca e, neste post, trazemos mais uma sugestão que você pode assistir na Netflix e se sentir mais próximo do país milenar dos incas: a animação chamada Pachamama – uma história inca. Isso mesmo, é um desenho, e engana-se quem pensa que ele só vai atrair a atenção das crianças. Muito pelo contrário, Pachamama vai deixar muitos adultos encantados com a história, que é apresentada de forma leve, educativa e dinâmica. Está preparado para desvendar os mistérios incas e descobrir tradições andinas? Continue lendo!

Do que se trata a animação?

A animação é uma produção que aconteceu em 2018 em parceria entre França, Luxemburgo e Canadá, tem cerca de 1h12m de duração e, como dito acima, está disponível na Netflix. O desenho retrata a vida e as tradições de pequenos povoados andinos que se preocupavam em manter seus costumes e crenças vivos, passando-os de geração em geração, sempre em harmonia e com respeito a Pachamama (que significa “Mãe Terra”). Também é possível entender melhor sobre o famoso e poderoso Império Inca, que habitou o Peru entre 1438 até 1533. A animação retrata a civilização inca e seu papel na sociedade daquela época, mostra Cusco, apresenta tradições religiosas e, de forma simples, é possível entender sobre as técnicas avançadas de construção, os aquedutos, os terraços de plantações, etc.

A trama vai além e nos apresenta a invasão espanhola, na fase de colonização do país, através dos ataques sangrentos de Francisco Pizarro, o espanhol chamado de “homem barbado” que deu fim ao império inca. Ou seja, é um desenho educativo que, ao mesmo tempo que ensina diversos aspectos históricos e culturais, também cativa com sua narrativa doce e fácil. Perfeito para reunir a família e viajar para o Peru mesmo sem sair do sofá da sala.

Um breve resumo do desenho Pachamama: uma história inca!

A história nos apresenta Tepulpai, um menino de 10 anos que vive em um pequeno povoado no meio das montanhas dos Andes, que sonha em ser xamã, ou seja, homem sábio que manifesta faculdades curativas, mágicas, tem conexão espiritual com divindades e possui poderes místicos. Porém, logo no início, acontece uma cerimônia de oferenda a Pachamama e Tepulpai se mostra nitidamente despreparado para exercer tais funções e se tornar um dos ”Grandes” do povoado. O menino ainda tem muitas lições para aprender.

Então, de repente, os Incas aparecem no minúsculo vilarejo e levam o que a comunidade tem de mais importante: a Huaca, um artefato sagrado, guardado pelos ancestrais. É quando Tepulpai, junto com a amiga Naira, uma lhama e um kirkinchu (uma espécie de tatu andino) resolvem partir em uma jornada até Cusco, a cidade imperial dos Incas, para recuperar o tesouro mais precioso para seu povo.

No meio desta aventura eles são surpreendidos por algumas dificuldades, entre elas os invasores espanhóis, que também querem roubar as riquezas de seu povo. Mas, mesmo com todas as adversidades, Tepulpai aprende a respeitar Pachamama, a prestar atenção nos ensinamentos dos mais velhos, a interpretar a sabedoria dos animais (que o ajudam na missão), e assim, cresce e adquire as características importantes para se tornar um xamã, aproveite as pacotes em promoções para Machu Picchu 2021

Apesar de ser fofa e cativante, há momentos de tensão e de emoção durante a trama, por isso prepare-se. E o final? Bem, sem spoilers por aqui. Sugerimos que você assista e se surpreenda com essa animação que vai te ensinar e te fazer refletir sobre a história e cultura andina peruana.

Veja abaixo algumas imagens que irão te convencer definitivamente a assistir Pachamama: uma história Inca.

 

Deixe uma resposta