Street Food: Conheça mais da Comida de rua Peruana Assistindo este Documentário!

Em tempos de Covid-19, de ficar em casa e manter isolamento, nada melhor do que buscar entretenimento de qualidade e de quebra ainda viajar sem sair do sofá da sala. E é isso que viemos indicar neste post: uma série documental sobre comida de rua em diversos países da América Latina, incluindo o Peru.

Todos sabem que uma das melhores formas de conhecer a cultura e história de um país é provando e conhecendo a sua comida, e por isso a Netflix tem investido cada vez mais em documentários gastronômicos, para que os telespectadores sejam levados à outras realidades, aprendam costumes distintos e se encantem com culturas completamente diferentes. A gastronomia peruana é reconhecida como uma das melhores do mundo, não à toa o país já foi eleito 6 vezes como o Melhor Destino Gastronômico do Mundo. Tudo que se prova tem ingredientes únicos, cores e sabores inesquecíveis. E, convenhamos, é nas ruas que se encontram as comidas mais populares de um país, aquelas que só existem ali, e que vem acompanhadas com personagens muito peculiares e conhecidos da população local. Os feirantes, donos de pequenas barracas, ambulantes… estes também carregam em si e em seus pratos, parte da história do país.

E é isso que a série Street Food América Latina retrata: as principais comidas de rua do país, contando, ao mesmo tempo, a história dos seus vendedores e de como superaram dificuldades e tiram o sustento através da comida. É encantador como o roteiro do documentário foi preparado, nos levando a conhecer não só pratos muito diferentes e característicos de cada lugar, mas também histórias mais profundas, o dia-a-dia das pessoas, e muito mais. E por isso recomendamos que você também assista. Não deixe de conhecer mais soube Peru e Machu Picchu com a melhor operadora Viagens Machu Picchu.

Assista na Netflix: Street Food América Latina!

O documentário Street Food América Latina da Netflix já está em sua segunda temporada. A primeira, chamada Street Food Ásia, é igualmente impressionante e cheia de histórias, todas envolvendo a culinária local e comida de rua, claro. Mas, hoje vamos falar sobre a América Latina, tão rica de ingredientes e sabores quanto qualquer outro lugar do mundo.

Há quem queira comparar este documentário com o famoso “Chefs Table”, também exibido na Netflix. Mas, existe muita diferença entre os dois. Enquanto o Chefs Table apresenta histórias de sucesso, de chefs de cozinha bem-sucedidos e famosos mundialmente, restaurantes elegantes e renomados pelo mundo, o Street Food vai pelo caminho oposto, mostrando personagens que não foram reconhecidos com prêmios, que estão nas ruas todos os dias, com longas jornadas de trabalho e que vivem e reinventam a culinária local de uma maneira muito mais simples, mas igualmente autêntica. Pessoas que se tornaram famosas não por críticos da gastronomia, mas pela população local, que se dirige fielmente até suas barracas e feiras para se deliciar com seus pratos.

Alguns personagens principais já são mais velhos, mostrando como a receita passou de geração em geração e se mantém como uma tradição na família. Já outros, são gerações mais novas que se interessaram por gastronomia e colocaram a sua personalidade em pratos já bastante conhecidos, e o tornaram único.

Ao todo são 6 episódios, que contam as histórias e mostram a comida de rua de Buenos Aires, na Argentina, de Salvador, no Brasil, na cidade de Oxaca, no México, em Lima, no Peru, em Bogotá, na Colômbia e em La Paz, na Bolívia. Ou seja, uma verdadeira viagem pela cultura e história dos nossos vizinhos latinos.

Street Food: comida de rua peruana!

Mas, agora vamos falar especificamente do episódio de Lima, no Peru. São 32 minutos apresentando o melhor da “comida callejera” – comida de rua, em espanhol. Além de passear pela capital peruana através de imagens incríveis da cidade, somos apresentados também a história da gastronomia local, que sofre grandes influências asiáticas, formando a chamada cozinha Nikkei – mistura de características peruanas e japonesas. Um dos lugares destacados no episódio é um pequeno restaurante cheio de personalidade chamado Al Toke Pez, comandado por Tomás Matsufuji, que ficou conhecido por inventar um prato chamado “combinado”, justamente por servir 3 pratos típicos do país juntos: o ceviche, o arroz com mariscos e chicharrón. O restaurante é um lugar simples, mas de boa gastronomia, tão cheio de energia que chega a ser divertido. O chefe faz as receitas a vista de todos os clientes, enquanto conversa e brinca. Uma experiência e tanto para quem viajar para Lima.

Além disso, são apresentadas comidas bastante marcantes para a população local, como os picarones com mel, uma espécie de sobremesa, chamada também de “donuts peruano”, por ter o mesmo formato, ou seja, é uma massa frita e servida com mel, facilmente encontrada em barraquinhas de rua pelo país.

Outra comida de rua típica peruana são os anticuchos de corazón, que nada mais são que espetinhos de coração de boi, que atraem as pessoas que passeiam pelas ruas através de cheio delicioso. A carne é bem temperada, normalmente com sal, azeite, alho, vinagre e ají – as pimentas locais.

Para continuar lendo sobre o Peru, sua história, cultura, dicas e curiosidades, veja mais no blog da Viagens Machu Picchu!

Deixe uma resposta